Redução do IVA

O dia seguinte

A redução da taxa de IVA no setor da restauração é um tema recorrente nos mais diversos meios de comunicação social. Mais recentemente voltou para a ribalta por ser uma das propostas apresentadas no programa de governo de forças políticas atualmente em funções.

O assunto está na ordem do dia e é de importância extrema para o setor. Contudo, não se pretende aqui discutir a justiça da redução da taxa ou até mesmo se essa redução se irá verificar nos próximos tempos, mas antes apresentar propostas para o dia seguinte à redução da taxa de IVA para a restauração.

Para o gestor de um estabelecimento de restauração a eventual redução da taxa de IVA terá um forte impacto na condução futura do negócio e pela frente poderão apresentar-se, pelo menos, três opções:

1. A primeira é baixar os preços ao cliente na mesma proporção da redução da taxa de IVA. No entanto, a experiência diz-nos que esta via não é a mais escolhida pela generalidade dos empresários do setor de restauração.

2. A segunda opção é manter os preços e utilizar o diferencial resultante da diminuição da taxa de IVA para fins que possam alavancar negócio e atrair mais clientes, sem ser pela via mais óbvia da diminuição dos preços.

3. Por último, e uma vez que a eventual redução da taxa de IVA corresponderá a um diferencial de 10%, esse valor poderá ser utilizado numa receita que misture os ingredientes das opções anteriores, ou seja, uma pitada de redução parcial dos preços acompanhada de investimento no próprio negócio. 

Redução do IVA na restauração

Nesta terceira opção, há muitos cenários que poderão ser vantajosos para o negócio:

(Re)contratar funcionários

Para conseguir manter o negócio à tona da água, muitas vezes a opção foi dispensar colaboradores com anos de experiência, em consequência do abrandamento do negócio.

Estará aqui a oportunidade de voltar a contratar estes colaboradores altamente especializados, sendo necessário eventualmente formação que lhes permita atualizar conhecimentos e prestar um serviço ainda mais eficiente e diferenciador. Aliás, o incentivo ao emprego é o argumento utilizado pelo atual governo para apresentar a proposta de redução da taxa de IVA.

Inovar no menu

O negócio da restauração vive muito de modas e tendências. Um menu que hoje é excelente pode revelar-se médio/fraco amanhã.

Todos os dias aparecem receitas inovadoras e com força suficiente para integrarem um menu de excelência. Assim sendo, por que não aproveitar esta oportunidade para inovar e apresentar pratos diferentes com aqueles ingredientes que antes eram altamente proibitivos pelos seus preços ou por falta de procura no mercado?

Redução do IVA na restauração

Renovar equipamentos

Dizem que há quem faça omeletes sem ovos, mas certamente não será a mesma coisa! Para que os seus clientes consumam com prazer e recomendem os seus pratos é essencial avaliar se os equipamentos e utensílios que utiliza na cozinha cumprem com os requisitos de qualidade ou se é necessário adquirir novos.

Atualmente os equipamentos, alguns deles ligados via internet (Internet of Things) permitem elaborar novas receitas, efetuar a gestão de stocks, aumentar a rapidez na satisfação dos pedidos e maximizar a eficiência na prestação do serviço. Assim, o investimento em novos equipamentos ou, até mesmo, a manutenção dos equipamentos atuais, tantas vezes adiada, pode revelar-se a melhor opção para assegurar uma experiência de consumo verdadeiramente diferente aos seus clientes.

Remodelar o estabelecimento

Fidelizar é palavra-chave neste negócio. Nada melhor do que um cliente satisfeito para projetar a marca e ampliar o negócio.

Uma das formas mais eficazes para o conseguir é, sem dúvida, a remodelação do espaço, trazendo para dentro de portas uma visão inovadora que cimenta laços inquebráveis com os atuais clientes e lança um repto irresistível para quem ainda não conhece o seu novo espaço.

Novo branding

Mesmo num negócio de bairro, o seu estabelecimento deverá ser facilmente associado a uma marca, um nome, um logotipo, um slogan ou um design distintivo que permitam uma rápida identificação visual. O branding é um fator diferenciador que consta de todos os planos de negócio, pelo que poderá ser esta a oportunidade de se apresentar aos seus clientes de forma totalmente inovadora.

Redução do IVA na restauração

As opções são muitas, e todas elas viáveis. Cabe-lhe agora identificar as prioridades, alinhar uma estratégia e impulsionar o negócio.

Caso se assista a uma redução efetiva da taxa de IVA para o setor da restauração, uma coisa é certa — o seu negócio terá mais margem para crescer! Tome as decisões certas para aumentar a satisfação dos clientes e os resultados irão aparecer.

Deixar um comentário

Sliding Sidebar